quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Poesia Emaranhada

Escrita em cima de uma teia de aranha...
ideais roxos, verdes ou castanhos...
Vozes, letras e sonhos...
em diferentes mentes, sentidos e dores...
artifício civilizado, para sermos um grupo...
hermético por falta de limites...
infinito por paredes neutras...

Deisi Perin

2 comentários:

Magamim disse...

Emaranhado de pessoas, cores e sentimentos descritos.
Um casulo de versos livres.

Magamim disse...

Ótimo!
Parabéns pelo blog.
É sempre bom passar por aqui.
Sempre encontramos uma surpresa.