segunda-feira, 7 de setembro de 2009

HOJE
EU ACORDEI
MAL HUMORADO.

TIREI
SARRO
DOS CACHORROS.

LEMBREI
QUE TINHA
PASSADO.

Anderson Carlos Maciel

2 comentários:

Magamim disse...

"O presente é o instante em que a roda do automóvel em alta velocidade toca minimamente o chão. E a parte da roda que ainda não tocou, tocará num imediato que absorve o instante presente e torna-o passado.” Clarice Lispector( Água Viva 1973/ 1979,19)

twelvetribes disse...

Difícil dizer o que mais nos toca a "sensibilidade". Afinal é ela que é exposta ao verdadeiro ou ao falso. Quando fala sobre o tempo, tenho certeza de que quer fazer ver ao público o quão verdadeiras são suas palavras, mesmo que obscurecidas pela hipnose insistente contrária. A mentira é uma hipnose também e gera hipnose para sua cura, não pretendo interferir na ordem de bem e mal do universo. Todos nós somos muito sábios a respeito do assunto. Mas as novas gerações não participam deste momento histórico de divulgação da palavra profética no sentido de sua conservação histórica e apologética.