sábado, 26 de dezembro de 2009

Eu desonro nesse momento minha poesia,
e desprezo minha pintura,
Eu degrado minha pessoa e eu passo meu caráter
e a pena é meu terror, o lápis minha vergonha,
Eu enterro meus talentos e minha glória está morta.

William Blake.

Um comentário:

nicolas disse...

"enterra seus talentos" um cacete!!!
está negando o poeta???!!! rimbaudiando???!!! Rimbaud só negou o poeta depois de viajar no Barco Ébrio (pra África), virar vidente e ainda passar uma temporada no inferno... ja fez td isso meu bom rapaz???!!! se não, pode esquecendo essa ideia de "enterro meus talentos"...