domingo, 26 de setembro de 2010

Libertação pela Simbiose Social

I.

DeFreeze , o procaz
e seu grupo sequaz
em choque com o sistema
(carcerário), o racismo
e a monogamia

usando métodos de
propaganda urbana
elaborados por DeBray,

o mesmo francês que
lutou na Bolívia
ao lado de Che,

mais a neta da nata
mídia marrom,
forjada em ouro,
seu peso em mignon

excluída à fórceps do
antivórtice w.a.s.p.,
trancafiada em armário

no mesmo dia
em que foi morto
pelo mateiro,
o “imortal”
guerrilheiro
do Araguaia,

igual boeing derretido
ao grito arremessado,
denuncia:

The United States,
contra o faminto
povo americano

The United States,
contra niggers
e seus antecedentes
africanos

The United States,
contra nativos,
ya mezclados y mestiços,
o latinos
poco nada
significativos

O casulo fascista
perdeu uma de suas
melhores artistas,

a fêmea rainha,
de morfologia
Kane.

A delivery order de resgate:
dois milhões de dólares
em arroz e carne.

Captada
pelas câmeras
de vigilância interna
do Banco Hibernia,

quer fazer beber o
cáustico inseticida
da simbiose social.

Quem é o
responsável
pelos desaparecidos
e pelas guerras,
"veias abertas"
da Latino América ?
Pela queima de
fósseis
combustíveis?
Pela extinção
inexpugnável
de insubstituíveis?
Pela mídia que
te deixa calado?
Pela corrupção
que degenera
o Estado?

"You knew, you know;
I know"

É você, meu caro!

Quando na
1466, 54 st, L.A.
a herança loxosceles
cria teia em rede nacional

& o gás "Smash"
Weapon
And Tatics
inflama piras
para retornar das
cinzas a
Inquisição

inaugurando então,
o hiper realismo,

os hereges do capitalismo
Quince, Cujo, Zoya e Gelina
já não mais fazem parte da vida

Podem dormir em paz
as colônias vespeiras
já respira melhor o banqueiro,
o empresário, o latifundiário
das terras estrangeiras;

ou quase.

Sob mantel carbônico
do sucesso
reagrupa-se a cepa
terrorista,

que deve ter lido mais
a “geração perdida”
do que “aquele que
ilumina”,


extorquem
de modo violento
15000 dólares
do “Cream”
Crocker National
Bank
ao custo de
uma vida e meia.


II.

Uma bomba que falha
sob viatura dos canalhas
zangões, e as prisões,
obrigam a nova líder
de nome Kathleen,

agora Sara,
a viver foragida
como simples
dona de casa
por mais de vinte anos

até a prisão,
depois de ter o rosto exibido
na televisão,

como nos conta
Marie Claire,
que ensina ser mulher,
patrimônio da
Hearst Corporation,

que detêm também a
Cosmopolitan
e o canal ESPN,
entre outras centenas.

Confrontam-se
Kathy and Patty
em plena sala do tribunal,
logo depois que a Al Qaeda
resolve a questão nominada
legitimação eleitoral.

Patty, já indultada
pelo tabagista
democrata;

and Sara, que passa
quatorze anos na jaula,

e raciocina:

"mesmo que a vespa disfarce,
ferrará, 
se lhe aprouver o enlace"


Ricardo Pozzo

11 comentários:

Anônimo disse...

Poesia histórica!!!!
Que fôlego, Pozzo
Deisi

Anônimo disse...

o que é que não se aprende lendo jaruga e bearzoti?

belo poema.

JB

Anônimo disse...

hahahahaha

sim! sim!

ou melhor, bearzoti e jaruga, ou também, e pq não?, ezra e dante!

olha só a responsabilidade pela simbiose!

mas,se puder notar, o estilo imagista do jaruga é mais próximo à borges, enquanto o bearzoti tem, na justa medida, no auge do estilo, a primazia da causa!

este é sem métrica, mais rápido, mais rimado, mais blefado, estilo "punk; made yourself"!


ricardo pozzo

rafael walter disse...

eis a origem do hiper realismo

Anônimo disse...

es hat sich gelohnt!

Anônimo disse...

hiper realismo no conceito de jean baudrillard!

ricardo pozzo

Magamim disse...

pelas víceras da enguia eletrocutada!

Anônimo disse...

Muito legal este poema, Ricardo!

A poesia está nos links entre uma idéia e outra, (ou entre uma imagem e outra) não é?

Nas relações entre as coisas, o homem e os eventos.

Muito legal mesmo.

Abç,

Rodolfo.

Anônimo disse...

"Captada
pelas câmeras
de vigilância interna
do Banco Hibernia,(...)"

[copie e cole o link no navegador]

http://www.dailymotion.com/video/xed2q8_patty-hearst-the-sla-rob-a-bank_shortfilms

Anônimo disse...

"Smash" Weapon And Tatics = S.pecial W.eapon A.nd T.atics


“geração perdida” = Hemingway, Fitzgerald, Ezra Pound, T.S. Eliot


“aquele que ilumina” = ho chi min


"aunque la mona se vista de seda mona se queda"

provérbio espanhol

Miriam Adelman disse...

Bom poema! Fôlego beat...